You are currently viewing Como Combater Fake News E Quais As Consequências Para Quem Compartilha

Como Combater Fake News E Quais As Consequências Para Quem Compartilha

Uma delas é definir com que fontes a empresa manterá um relacionamento. É importante ter vínculo apenas com veículos de comunicação e influenciadores confiáveis e que passem credibilidade. Geralmente, assuntos que estão em alta ficam em destaque nesses sites. Além disso, alguns oferecem serviços como checagens de falas de autoridades e é possível contar com recurso de recebimento de checagem diretamente no seu celular ou e-mail. Toda notícia precisa apresentar algumas informações, como por exemplo, data de publicação, quem escreveu, imagens e legendas e o endereço do veículo em que foi publicada. “Investigar que página é essa, ir lá no ‘Quem somos’ e saber se dá para ligar para essa redação e falar com um responsável é fundamental”, afirma Cristina.

Na mesma linha de pensamento, Tai acredita que procurar pelo expediente do site e tentar achar o básico sobre a hierarquia da empresa são dicas valiosas. “É preciso saber quem é o responsável legal pelas publicações.” Também vale checar o endereço do site. Segundo Cristina, algumas páginas tentam simular o endereço de um veículo importante, alterando apenas uma letra, um número ou um símbolo gráfico. Nesse sentido as fake news elas chegam a ter consequências desastrosas na vida das pessoas, tanto de seus autores, quanto das vítimas, já que por vezes afetam a vida pessoal, profissional e familiar dos envolvidos.

Tse Tenta Cooperação Com Telegram Para Combater Desinformação E Pode Barrar Aplicativo Nas Eleições

Muitas fake news são disseminadas em grande velocidade e as pessoas não percebem que se trata de uma notícia antiga e obsoleta. A difusão de informações referentes à volta de epidemias de determinadas doenças ou ao ressurgimento de algum mal para a saúde da população devem ser baseadas em fatos concretos e dados estatísticos. Reunindo conteúdos dos mais variados assuntos, as fake news são difíceis de serem combatidas no mundo virtual, já que o compartilhamento ocorre de maneira quase instantânea. Dessa maneira, assuntos que envolvem a medicina e saúde em geral também são alvo de falsas notícias. O meio de comunicação considerado o mais confiável pelos internautas é a TV. 6 em cada 10 entrevistados confiam nas informações recebidas pelos canais de televisão, e 57% confiam nos jornais.

As principais justificativas, nesses casos, é que os usuários acharam o conteúdo engraçado, gostariam que fosse verdade ou não tinham certeza absoluta se era mesmo falso. No ano passado, uma nova pesquisa com 1.200 brasileiros de mais de 18 anos, numa amostra representativa da população brasileira, apontou o apoio da maioria dos entrevistados (84%) para a criação de uma lei contra fake news. Marcas também precisam pensar em como combater as fake news devido ao potencial que têm de macular a reputação corporativa. As fake news tendem a conter palavras ou frases que despertam emoções ou mexem com as crenças das pessoas, atingindo um maior potencial de divulgação e compartilhamento nas redes sociais.

combatendo a fake news

Notícias falsas podem ser usadas para aplicar golpes, levar a população ao desespero e até mesmo a tomar decisões que podem prejudicar a saúde. “Só se percebe o prejuízo de uma notícia falsa ou boato quando você é atingido”, afirma Jorge Tarquini, professor de Jornalismo da ESPM. Dentro dessas práticas, existem exemplos mais específicos Jornal do Estado GO de ações muito bem-vindas ao lidar com notícias falsas, que veremos a seguir. Afinal, 40,9% das organizações latinoamericanas já foram afetadas por notícias falsas pelo menos uma vez. Porém, foi com o avanço das redes sociais e a velocidade com a qual as informações circulam nesse meio que esse tema ganhou mais relevância.

Projeto De Divulgação Científica Da Uenf Atua No Combate Às Fake News

Por meio do WhatsApp, os estudantes compartilham com o professor o resultado de suas investigações. Aqui, a aluna Jenifer fez uma pesquisa reversa de uma imagem e encontrou a notícia no site de checagem Lupa. Dos respondentes, quase 30% não sabiam identificar uma notícia falsa e 74% já compartilharam uma notícia ou informação e depois descobriram que era falsa.

Eleições 2022: Proibir O Telegram É Válido Para Coibir As Fake News? Especialistas Respondem

Ainda assim, as diretrizes apontadas pela BNCC incluem caminhos e possibilidades para reverter esse cenário. No entanto, graças à internet, veículo de comunicação que, muitas vezes, é livre de análise editorial, a questão ganhou maiores proporções e se popularizou nos últimos anos. A Agility é uma empresa focada em serviços de Integração e Consultoria de TI e atua como parceira de grandes fabricantes de soluções em CyberSecurity, DevSecOps, Entrega de Aplicações e Privacidade de Dados. A MarketTrends é uma distribuidora de alto valor agregado que reúne em seu portfólio uma ampla gama de produtos e serviços de marcas líderes globais e locais, baseada nos pilares tecnologia, processos e pessoas.

Entre elas estão acordos de cooperação com os partidos políticos e com entidades representativas dos setores de marketing e de comunicação e com as empresas Google e Facebook. Com a internet e as redes sociais, acompanhar e compartilhar notícias que acontecem em nosso entorno, no Brasil ou no mundo é muito fácil e rápido. Porém, é preciso tomar alguns cuidados, afinal, se as notícias conseguem se espalhar com rapidez e facilidade, a desinformação também consegue. Existem aqueles que imaginam que a internet é uma terra sem lei. Sendo que não existe uma lei específica que tipifique ou defina esse ato, embora existam vários projetos de lei que buscam tornar as fake news algo criminoso, nenhum foi aprovado, sob a alegação de que poderiam ferir a liberdade de expressão. O senso crítico e a educação virtual é uma forma muito importante para detectar informações falsas no noticiário.

Envolve, por exemplo, liberdade de exprimir sua crença ou falta de crença, de exprimir com plenitude sua opção de gênero. Aliás, o próprio sagrado direito de votar é exercício da liberdade de expressão. Em virtude disso existem alguns debates que tem se replicado nos últimos tempos que seria sobre os limites da liberdade de expressão e as fake news que é extremamente salutar e democrático.

Deixe um comentário